terça-feira, dezembro 22, 2009

OS 10 MAIS DA DÉCADA - Nº 7


GRIZZLY MAN
(2005)
de Werner Herzog

A história de um ecologista, amante da Natureza e em particular dos ursos pardos, que viveu isolado entre essas criaturas e acabou devorado por uma delas, nas mãos de Herzog deu origem a um dos mais fascinantes retratos sobre o Homem vs Natureza. Antes da sua morte, Timothy Tredwell filmou milhares de horas em registo de Auto-Retrato onde assistimos à sua intereacção com esses animais. Os apontamentos são por vezes tocantes, outras vezes cómicos e no fim trágicos. Herzog faz o retrato de um homem perdido em si mesmo, que renega a civilização para se entregar em busca de respostas nos territórios do Alaska. Assistimos impotentes à entrega de Timothy nesse mundo, ignorando a cruel realidade da vida animal. Citando Herzog “onde Timothy via no urso pardo um amigo, eu apenas vejo fome e morte”. Um fascinante exercício de cinema e um documentário emocionante e obrigatório.

5 comentários:

Cathwillows disse...

Luisss!
Feliz Natal e um ótimo 2010 pra vc!!!
Saudades!!!!!!!!!!!

Bjs!

Luís A. disse...

Para ti tambem querida!

Harry_Madox disse...

Filmaço. Foi um dos que mais me custou deixar de fora no meu top.

Sam disse...

Caro Grandes Planos,

Os Óscares de Marketing Cinematográfico, iniciativa que pretende nomear o melhor que se fez em publicidade de Cinema no ano de 2009, estão de regresso ao Keyzer Soze’s Place.

Assim, convido o autor deste blog a expressar a sua opinião em http://sozekeyser.blogspot.com/2010/01/oscares-de-marketing-cinematografico-2.html.

Desde já, apresento o meu profundo agradecimento na sua disponibilidade para participar nesta iniciativa.

Cumprimentos cinéfilos!

Luís A. disse...

Harry, foi dos primeiros que me veio a cabeça aquando da elaboração do Top.

Sam, obrigado assim farei.

Abraço Cinéfilo

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails