quinta-feira, julho 19, 2007

Ruptura Explosiva (1991)

de Kathryn Bigellow

Datado de 1991 e com assinatura de Kathryn Bigellow, posso desde já dizer que para mim, Ruptura explosiva é um dos melhores filmes de acção dos anos 90.

A premissa é muito simples, Johnny Hutah (Keanu reeves) é um agente do FBI que tem como missão apanhar um grupo de assaltantes conhecidos como os ex-presidentes. O problema é que os ex-presidentes são na realidade surfistas e Johnny após infiltrar-se no seu fechado grupo, irá ter de escolher entre a lei ou um estilo de vida que na realidade é o seu.

A catchline do filme é 100% adrenalina. Acreditem que é isso mesmo que Ruptura Explosiva dá ao espectador. Desde as belíssima cenas de surf, passando por uma perseguição verdadeiramente alucinante, uma cena de tiroteio explosiva (com a banda Red Hot Chilli Peper como traficantes de droga) ou uma impressionante sequência em queda livre, todo o filme tem um espírito radical e chega mesmo por vezes a desafiar as convenções do género em que se insere. Isso deve-se especialmente ao poderoso trabalho da realizadora Kathryn Bigellow (Near Dark, Estranhos Prazeres), que se revela o ás de trunfo desta produção, com uma encenação e movimentos de câmara virtuosos (como viria a ser a sua marca) uma forte direcção de actores e um sentido narrativo irrepreensível. Bigellow prova que há grandes realizadoras em Hollywood.

Uma palavra para os actores, que no geral vão todos muito bem, especialmente Patrick Swayze no papel do carismático e espiritual Bohdi. Keanu Reeves, não compromete e até tem os seus momentos, mas que infelizmente não são muitos. Isso nota-se ainda mais quando um senhor chamado Gary Busey (era o senhor Joshua no 1º Lethal Weapon, lembram-se? ) entra em cena e acaba por roubar o show a Keanu. A presença de Busey acaba por funcionar como um piscar de olhos a outro filme de surf, chamado The Big Wednesday e realizado pelo “desaparecido” John Millius.


Em suma Ruptura Explosiva é o Summer Movie perfeito de qualquer Verão (ou Inverno já agora), em que há uma clara aposta na acção, nos personagens e num certo tom lírico que perfuma o filme. Uma excelente alternativa para desenjoar dos robots que andam aí na moda.

8 comentários:

jose quintela soares disse...

Os meus filhos concordam em absoluto...

Luís Alves disse...

ehehe, o josé nem por isso:). Abraço e vá aparecendo!

Rui Luís Lima disse...

olá luís!
gostámos de conhecer este espaço:)
"Ruptura Explosiva" é um excelente summer movie, foi bom recordar.
um abraço cinéfilo
paula e rui lima

PS- Iremos passando por aqui
bom fim-de-semana

Luís Alves disse...

Obrigado pela visita paula e rui. Realmente acho que se tivesse de escolher O summer movie da minha vida, seria este.

gimbras.nofuturo.com disse...

Excelente filme, sem dúvida.

Luís disse...

E mai nada!

Anónimo disse...

cordo, um dos filmes da minha juventude, já o vi vezes sem conta...é um clássico lá em casa....já viste....se não viste, vais assistir a um filme de acção à antiga....Abraço

Luís A. disse...

Anónimo, ja percebi que somos da mesma geração e com o mesmo...bom gosto!:)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails