sexta-feira, novembro 12, 2010

E tudo o vento levou



Acabadinho de ver o The Kiling, só me apetece escrever que o que fica para além da estrutura completamente mirabolante e arrojada (que Tarantino "homenageou" à descarada) é um dos finais mais irónicos e desarmantes da história do cinema. Dizer que Kubrick era um génio é banal. Mas porra! Kubrick era um génio!

4 comentários:

João Palhares disse...

Eheh! É genial, o raio do filme.. É bom que chegue para substituir algum da lista que fizeste em baixo?

Luís A. disse...

Boa pergunta João....talvez....apenas talvez o Barry Lyndon. Mas é mesmo genial...e influente.:)

Dezito (André Sousa) disse...

Ficamos à espera da crítica ;)

Luís A. disse...

está para breve André:)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails