segunda-feira, janeiro 07, 2008

O estado do nosso Cinema

Sinopse de Corrupção
Um Presidente, interpretado por Nicolau Breyner, deixa-se caír nas malhas da corrupção. Um inspector da Judiciária e uma prostituta de luxo, unem esforços para arranjar as provas que incriminem o corrupto Presidente...

Sinopse de Call Girl
Um Presidente, interpretado por Nicolau Breyner, deixa-se caír nas malhas da corrupção. Um inspector da Judiciária e uma prostituta de luxo, unem esforços para arranjar as provas que incriminem o corrupto Presidente...

12 comentários:

Knoxville disse...

Enfim.. do mal ao menos, sempre conseguiram gerar algumas receitas, que muito jeito dão e que muito raras são. No entanto, não vi nenhum nem faço tensões de ver.

Um abraço!

Luís disse...

Ola knoxx. As receitas são bem-vindas, mas os filmes que mais parecem sêr telenovelas de longa duração, só contribuem para a mediocridade audiovisual nacional. Tirem-me deste país!

sonhadora disse...

:( é a realidade em que vivemos... mau cinema e muita corrupção!

Gonçalo Trindade disse...

O Corrupção simplesmente recuso-me a ver pelo que representa... o Call Girl até pode ser bom, mas simplesmente não me parece ter grande interesse. Parece que, após o Crime do Padre Amaro, se descobriu finalmente a fórmula certa para levar o povo português ao cinema: controvérsia e sexo.

É simplesmente assustador, não é? Pensar que filmes como estes são um sucesso enquanto que ninguém fala do Pedro Costa, que continua a somar pontos lá fora (já alguém viu falar disso nas notícias? Destes dois filmes fala-se, mas de um orgulho nacional... enfim...). Concordo com o Knox, as receitas dão sempre jeito, e talvez isto estimule um pouco a produção cinematográfica deste país.

Mas é verdadeiramente triste que essas mesmas receitas só possam ser obtidas desta forma, e que a mentalidade por cá seja o que é...

Luís disse...

sonhadora: para sonhadora tens uma noção exacta da realidade. mau cinema e muita corrupção sem dúvida

cataclismo: e é verdade o pedro costa ganhou mais 4 (!!!) prémios ontem. mas como não vende, não tem direito ao airplay massivo das nossas tv's.
O corrupção não vi, mas quanto ao call girl posso dizer que apesar da sólida direcção de actores, é tão banal quanto um telefilme. e irritou-me q.b. constatar mais uma vez que só conseguimos fazer obras cinematograficamente estratoféricas, ou no caso de call girl, cópias muito mal paridas de algum cinema americano. e neste caso a cópia saíu mal, pois além do guião recheado de esquematismos e clichés, a direcção de apv, é anémica e descaracterizada. um filme tvi sem tirar nem pôr

enfim, depende de nós juventude em marcha lol combater este estado das coisas.

forte abraço cinéfilo aos dois

wasted blues disse...

Enfim...

Cataclismo Cerebral disse...

Ridículo mesmo...

Luís disse...

desculpa gonçalo o meu ultimo coment era para ti.

wasted e cataclismo: é rídículo e triste, muito triste, que estes sejam os últimos casos de sucesso comercial no cinema português

Joana disse...

q refrescante! (ironia) :)

Paulo disse...

É uma fase... rasca? Eu diria que sim...

H. disse...

a similiaridade temática é flagrante, de facto...

Luís disse...

joana, paulo e h : todos concordamos, só os senhores do ICAM é que não!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails